Caso não esteja visualizando corretamente veja aqui.
 
  ANO 14 - EDIÇÃO Nº 658 - PUBLICADA EM 08/08/2017  
     
 

Equacionamento de deficit do Plano BD: andamento do processo

 
 

Reafirmando o compromisso de transparência a respeito do equacionamento de deficit do Plano BD, a FACEB ressalta que está aguardando retorno da Previc para que este Órgão esclareça a proporção que caberá a cada uma das partes (participantes, assistidos e patrocinadora) para fins de rateio do deficit.

O plano de equacionamento está pronto para ser implementando, mas é preciso aguardar o retorno da Previc à carta protocolada pela Fundação no mencionado órgão, em 13/07/2017, com os necessários esclarecimentos sobre o percentual a ser aplicado para cada público nas contribuições extraordinárias.

A Fundação ressalta que assim que houver novidades sobre a questão da proporção contributiva, convidará os aposentados e pensionistas, conforme combinado anteriormente, para novos encontros de esclarecimento, inclusive com a apresentação de simulador para cálculo do valor das contribuições.

Vale lembrar que a proposta é equacionar o valor mínimo referente ao deficit acumulado até o exercício de 2016 (R$ 33 milhões), em 217 meses, com início das contribuições extraordinárias em fevereiro de 2018.