Caso não esteja visualizando corretamente veja aqui.
 
  ANO 15 - EDIÇÃO Nº 750 - PUBLICADA EM 05/10/2018  
     
 

FACEB profissionaliza área de investimentos

 
 

A Fundação está implementando em sua estrutura organizacional a Gerência de Controle e Riscos de Investimentos, uma área importante para proporcionar uma melhor análise e monitoramento de riscos nos investimentos da FACEB.

Essa medida tem o intuito de proporcionar mais segurança na gestão dos recursos da Fundação e está em consonância com as melhores práticas de governança para entidades fechadas de previdência complementar, como a FACEB, que tem priorizado a profissionalização em seu quadro de colaboradores. A medida também atendeu à nova legislação pertinente (Resolução CMN nº 4.661, de maio/2018).

Serão necessários dois novos profissionais para auxiliar nos trabalhos da nova área, primando pelo caráter absolutamente técnico. Estes colaboradores serão contratados após aprovação em processo seletivo realizado pela empresa Soma Desenvolvimento Humano.

Vale destacar que essa é mais uma das ações que vêm sendo adotadas recentemente para acompanhamento eficaz nos investimentos da Fundação, como:

  • Criação de modernos Manuais para efetivo e rígido controle dos procedimentos e processos de Investimentos da Fundação;
  • Diligência in-loco no processo de seleção de fundos de investimentos;
  • Reuniões do Comitê de Investimentos da Fundação abertas a participantes ativos e assistidos.

O que é gestão de riscos?

Todo investimento, por mais simples que seja, tem riscos. Estes, por sua vez, devem ser entendidos como a parte do investimento que não pode ser prevista. O gerenciamento de riscos permite avaliar fatores muito difíceis de serem previstos e fornecer alternativas para lidar com eles. Assim, as decisões podem ser tomadas de maneira mais segura e consciente.

Diante de tantas variáveis que podem colocar um investimento em risco, atuar sem o auxílio de profissionais com conhecimento aprofundado do mercado pode trazer problemas, principalmente para  iniciantes ou para quem não tem tempo disponível para monitorar tudo o que é importante. Nesse sentido, um bom profissional ajuda o investidor a tomar melhores decisões e a proteger seu dinheiro de riscos desnecessários.